segunda-feira, 25 de junho de 2012

Estaleiro de Suape consegue parceiro japonês

EAS consegue novo parceiro tecnológico
Por exigência da Transpetro, braço logístico da Petrobrás na área de transportes, o Estaleiro Atlântico Sul (EAS), situado no Complexo Industrial e Portuário de Suape, ganhou um novo parceiro tecnológico. Trata-se do grupo japonês Ishikawajima Harima Heavy Industries (IHI). As informações são do colunista Lauro Jardim, da evista Veja. No começo do mês, o presidente do Fórum dos Trabalhadores da Indústria Naval e Petróleo, Joacir Pedro, afirmou, em entrevista ao site A Mídia do Petróleo, que a empresa japonesa pretendia contemplar 10% de participação, no mínimo, podendo chegar a 15% ou 20%.
Desde o começo de junho, as empreiteiras que controlam o EAS, Queiroz Galvão e Camargo Corrêa, estavam negociando a entrada de uma nova parceria, uma vez que a empresa sul-coreana Samsung Heavy Industries (SHI), com 6% de participação até então, tinha confirmado o fim de sua sociedade com o empreendimento. Os motivos para a saída da Samsung são atribuídos a dificuldades de natureza operacional e técnica, além da falta de mão-de-obra qualificada e prejuízos financeiro.(Do por PE247)

Nenhum comentário:

Postar um comentário