domingo, 10 de junho de 2012

Boba em palanque de Alexandre Arraes

OBRA DE GRANDE  IMPORTÂNCIA  E  ALIADOS  'AGUNIADOS'  COM O ACIRRAMENTO DA LUTA POR VOTO E ESPAÇO
O vereador Boba Sampaio surpreendeu muita gente na tarde de ontem, no distrito de Morais. Além de comparecer à inauguração de uma passagem molhada sobre o riacho que corta o distrito, também subiu ao palanque, embora tenha não tenha feito uso da palavra, que só foi 'facultada' a pré-candidatos daquele lugar.
Um deles, inclusive, num ato de deselegância e falta de civilidade e também de pequenês, atacou não só os adversários do próprio distrito como os aliados de Araripina e de outros distritos, ao conclamar a população para não votar em candidato de fora, como se lá estivesse presente alguém chegado de São Paulo ou Nova Iorque. O engraçado é que três pré-candidatos chegaram mais cedo e esticaram até sítios vizinhos, onde colheram promessas de apoios e ficaram sabendo que o 'nativo' não agrada a troianos, muito menos a gregos, muito antes ao contrário.
Pela regra estabelecida em Morais, nenhum candidato de distrito deveria falar em Araripina sede, siítios e povoados. Mas Araripina é uma só, sem essa linha divisória  fraticida e idiota que alguns teimam em traçar. Alexandre, o prefeito, se mostrou acima dese varejo e preparado para conduzir o palanque plural que ainda monta.

DISCURSO CONCILIADOR DO PREFEITO
Alexandre Arraes, bem centrado, usou de jeito e de muito verbo para desfazer o mal estar criado pelo digníssimo candidato, afirmando que seu palanque é plural e que nele não deve haver divisão nem atritos gratuitos. O discurso do prefeito foi muito aplaudido.


A OBRA
A passagem molhada construída pela prefeitura vai evitar transtornos de quase um século, existente desde quando Morais foi criado. A obra foi construída sobre o riacho que corta o distrito e o impede de crescer a partir do Morais Velho. Com a passagem molhada, pessoas, carros e animais poderão transitar sem ter que dar voltas, mesmo que o riacho esteja com água (ele sempre tem lameiro de chuva ou esgoto). Os maiores beneficiados, além de moradores da Vila, são as populações de sítios e serras próximas, principalmente da Serra do Morais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário