sexta-feira, 11 de maio de 2012

Caso Celso Daniel: Três condenados e nenhum mandante apontado.

tribunal do júri decidiu condenar nesta quinta-feira (10) Ivan Rodrigues da Silva, conhecido como "Monstro", José Edson da Silva e Rodolfo dos Santos Oliveira pela morte do então prefeito de Santo André Celso Daniel, em janeiro de 2002. De acordo com a sentença lida pelo juiz Antonio Augusto Galvão de França Hristov, "Monstro" terá de cumprir 24 anos de prisão, enquanto que José Edson e Rodolfo dos Santos foram condenados a 20 e 18 anos de reclusão em regime fechado, respectivamente.

Os três afirmaram que são inocentes e alegaram que anteriormente confessaram o crime à polícia porque foram torturados. O Ministério Público (MP) diz que a morte foi encomendada após Celso Daniel descobrir que dinheiro desviado da prefeitura para financiar a campanha eleitoral do PT para a presidência da República estava sendo usado pelos integrantes do esquema. Ao todo, sete pessoas são acusadas do crime.

Em novembro de 2010, Marcos Roberto Bispo dos Santos, que continua foragido, foi julgado à revelia e condenado a 18 anos de prisão por participar do crime. Conhecido como "Sombra", Sérgio Gomes da Silva, é apontado como o mandante. Ele trabalhava como segurança de Celso Daniel. Atualmente, ele responde em liberdade devido a um habeas corpus concedido pelo STF. Leia mais no G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário