sábado, 12 de maio de 2012

Cara de um, focinho do outro.

A CPI úne duas das figuras mais detestáveis e lamentáveis da história política brasileira. Um chefe de organização criminosa e um presidente cassado por corrupção. São eles que querem, de mãos dadas, acabar com a liberdade de imprensa no Brasil. Justamente a Imprensa que mostrou ao Brasil que a cara de um é o focinho do outro. Leia aqui o post de Reinaldo Azevedo

Nenhum comentário:

Postar um comentário