terça-feira, 8 de maio de 2012

Araripina vive dias tensos

Mar de insegurança e entrevistas que podem ser bombásticas
O que acontece em Rancharia, onde moças apresentam sinais de stress psíquico, ou surtos coletivos, como definiu a Rede Globo, poderá ocorrer na sede do município, ou já está ocorrendo.  Em Rancharia, por 'transmisão' de pensamento, ou de sentimento, . Em Araripina, por insegurança nas palavras ouvidas e falsidade nas palavras ditas. Alguma coisa aconteceu por último. Mas o fato é que os políticos estão falando daquilo que não sentem nem querem fazer, enquanto outros são obrigados a acreditar em tudo o que ouvem, por ser mais convniente.
Pelo que percebemos, enganar virou regra; fazer acordo para não cumprir virou música; pactuar para zombar virou rotina; debochar virou diversão. É um mar de insegurança, algo nunca visto.
Os homens de palavra estão se encostando num canto de parede, sem coragem de tomar decisões, sem vontade de definir, com medo de queimar a lingua e a mão juntos. Enquanto isso, homemens de pouca palavra se divertem exibindo ligações não atendidas de aliados, como se fosse troféu; outros, exibindo defecções como se fossem traições pura e simplesmente.
Aonde isso vai parar? Quem sabe...

Entrevistas
De quinta-feira em diante, as coisas começarão a clarear. Dra. Socorro Pimentel falará no senadinho, sinal de que tem o que dizer; Lula Sampaio falará mais uma vez na Rádio Arari, sinal de que Valdeir Batista está aberto a diálogo;  Na sexta-feira, Valmir Filho também falará na mesma Arari FM, para falar de unidade móvel (?).
Ninguém antecipa nada. O certo é que tem político se achando muito esperto, querendo arrancar cobra com a mão dos outros, e outros se achando mais espertos inda, tentando convencer aliados a entregar 'o tesouro' de mão beijada. Está uma graça. Resta saber se terminará uma graça ou uma desgraça. A Deus pertence o futuro.
De uma coisa temos certeza: Frieza em excesso em determinadas pessoas pode não ser cálculo, mas indecisão e falta de discernimento. Ao mar, quem o domina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário