terça-feira, 3 de abril de 2012

O senadinho, ontem.

Foto de Martinho Filho, o mediador da noite.

Ontem à noite, o senadinho foi movimentado. Até 'briga' pelo microfone houve.
Lá estve o presidente da câmara de vereadores de Araripina, Zé Bolacha, que voltou a afirmar o que vem dizendo há vários meses: Não será mais candidato a verador. Desta vez, foi mais longe: 'Não sou, não indico minha esposa nem filho meu para disputar vaga na câmara. Não sou candidato a nada', sentenciou.
Só abriu o sorriso quando foi comparado ao filho de Bringel. Quando Idelfonso do Mel afirmou que ele seria melhor vice do que o herdeiro do ex-prefeito, Bolacha se derreteu: "Se me indicarem eu aceito", mudando de opinião.
Além de Zé Bolacha e de frequentadores assíduos, como Leandro da Vidroz, Braz Batista, Eduardo Alencar,  César do Cachorro Quente, PPA, Tico de Roberto, Paulo Arraes, entre outros, estiveram por lá para opinar três presidentes de partido: Ronaldo Lacerda (PMDB), Idelfonso do Mel (PSL) e Ibiapino (PC do B).
O debate girou em torno das palavra proferidas no mesmo 'plenário' pelo ex-prefeito Bringel, que em dia anterior asseguou aos presentes a disposição de apoiar Alexandre Arraes, mas condionando tal apoio à realização de obras (que já sabe que virão) e a indicação do vice.
César do Cachorro quente, sempre muito atuante, aproveitou a oportunidade para afirmar que o lençol da prefeitura cobriu mais gente, inclusive citando o presidente do PMDB, Ronaldo Lacerda. Este respondeu de pronto que vive de sua farmácia (Piauí), que é engenheiro da prefeitura concursado e lá está há 28 anos, sempre colocando prefeito para fora sem nunca sair por vontade destes, e que não quer e nem precisa de benesses da prefeitura, inclusive tendo recusado convites, até mesmo para vender medicamentos. César não se desculpou pele que disse nem foi solicitado a se desculpar, porque o ambiente é de brincadeira e descontração, embora prevaleça a seriedade nas palavras dos convidados. Ronado Lacerda ainda argumentou que fará sua escolha como qualquer cidadão, e que até o momento Alexandre está mostrando serenidade e pé no chão, ao realizar uma gestão equilibrada, sendo, dos que se apresentam na disputa, o favorito para receber o seu apoio.   Também afirmou que as obras anunciadas já estão sendo licitadas e que não faz sentido algum condicionar apoio à realização das mesmas, até porque se trata de fato consumado.
O mediador da 'plenária' de ontem foi o brilhante radialista Martinho Filho, âncora do Programa Canal Aberto, da Rádio Arari FM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário