sábado, 7 de abril de 2012

Chapa 'devastadora' para vereadores novatos começa a incomodar conservadores

Uma chapa capaz de eleger entre 8 e 10 vereadores novatos, todos com potencial para mudar a forma de fazer política em Araripina está em fase de negociação. A nova engenharia política pretendida preserva a aliança já estabelecida entre PSL e PMDB, que marcham juntos para tentar eleger entre 3 e 5 vereadores. Os dois partidos são presididos por Idelfonso do Mel e Ronaldo Lacerda.
A iniciativa dos dois presidentes partidários tenta blindar os avanços já conquistados pelas duas siglas e visa também avançar de forma equilibrada, com um endurecimento ainda maior das ações de esclarecimento sobre a necessidade de renovação dos quadros políticos na câmara de vereadores. Os dois presidentes detectaram iniciativas de lideranças e vereaodores com mandato tentando enfrequecer o movimento no intuito de transformar os dois partidos em calda eleitoral, ou escada para seus projetos conservadores e individualistas.
O que está sendo tentado agora é o avanço na composição de uma sólida aliança entre quatro partidos formados por candidatos novos e preparados, e um partido que conta com um vereador que se destacou na atual legislatura.
Os presidentes destes partidos tendem a se reunir mais uma vez neste final de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário