sexta-feira, 6 de abril de 2012

Bode custou mais de 400 mil em 2011.

O Bode do Araripe, apesar das alegrias, tem custado caro ao município. Veja, abaixo, o detalhamento dos repasses ao Araripina Futebol Clube no exercício fiscal de 2011. As despesas representam apenas os gastos diretos com a equipe e não envolvem desembolsos indiretos com os membros da prefeitura, que empenhavam e recebiam por outras fontes para acompanhar o desenrolar da equipe no campeonato estadual.
Veja detalhes aqui, no Portal da Transparência
Além do desembolso direto da prefeitura, o mais querido do interior também é custeado por patrocinadores e pela população que torce a paga ingresso.
Com a falta de um projeto para revelação de talentos, e desta forma sem receita proveniente da venda de craques ou grandes promessas, o Araripina vai vivendo apenas de billheteria e repasses do tesouro municipal.
Caso o link acima pare de funcionar, vá ao endereço http://187.12.50.127:5656/Portaltransparencia/, selecione o ano de 2011, opção despesas, digite Araripina Futebol Clube ou procure pela ordem alfabética.

Nenhum comentário:

Postar um comentário