quinta-feira, 29 de março de 2012

Se a Dilma deixou para os estados liberarem a cerveja na Copa, não há motivo para impedir que eles também decidam sobre o Código Florestal.

A Câmara aprovou nesta quarta-feira, como o Governo Federal queria, o texto principal do projeto da Lei Geral da Copa. A lei não deixou clara a liberação da venda das bebidas alcoólicas nos estádios durante os jogos, transferindo a decisão para os Estados. Uma tremenda esperteza da Dilma, mas uma grande oportunidade para os deputados. Não vamos esquecer que a aprovação da Lei da Copa estava vinculada à votação do Código Florestal. Se os Estados podem decidir sobre venda de bebidas, também podem definir o tamanho das áreas de preservação permanente às margens de rios, que é um dos pontos ainda abertos na negociação.  Se os governadores assumiram o ônus de liberar o álcool, que exijam o bônus de liberar a cana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário