terça-feira, 13 de março de 2012

Jucá caiu

Reconhecido entre aliados e adversários como o 'eterno líder' do Palácio do Planalto no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR) sobreviveu a três governos de partidos e estilos diversos. Mas depois de conduzir a tropa parlamentar dos presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, ao longo de 18 anos seguidos, sucumbiu ontem. Não resistiu à derrota na votação do diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Ao final do segundo mandato do presidente Lula foi acusado pelos próprios correligionários de ser mais governista do que peemedebista, superando até o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e do líder da bancada, Renan Calheiros (AL). Foi seu sucessor, Eduardo Braga (PMDB-AM), quem avisou a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, que havia riscos de derrota para o governo. (Do Estadão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário