terça-feira, 6 de março de 2012

Alexandre Arraes, outro que marcou entrevista sem pensar

Antes de ler este post, leia o que está mais abaixo para ver algum sentido.
O prefeito Alexandre Arraes autorizou divulgação de entrevista para a próxima quinta-feira, um dia antes da entrevista que será concedida por Lula Sampaio, o prefeito afastado. Como se percebe, o prefeito afastado está sendo tratado como autoridade maior, e Alexandre como aspirante a autoridade.
Considerando que Lula pensou em si somente, ou nem mesmo nele, quando agendou entrevista para sexta-feira, Alexandre não pensou em nada, ou não sabia que o prefeito afastado tem entrevista agendada na mesma emissora de rádio, e com o mesmo jornalista, no dia seguinte.
Somente isto explica que tal entrevista esteja ainda na pauta oficial do gestor municipal.
Considerando que Lula Sampaio não precisa de fatos favoráveis para superar em 'emoção' o atual prefeito, a única alternativa que resta a Alexandre é adiar para a próxima segunda-feira a entrevista que agendou. Do contrário, é conspirar contra a sua campanha. Argumentos não faltam: 'aquela reunião que já estava agendada na serra das Cabaças', por exemplo. Mas o bom mesmo é ser honesto: Só fala depois que ouvir a entrevista de Lula com calma (e não ao vivo). É assim que prefeito faz uso da autoridade que o cargo lhe confere. Do contrário, o poder estará sendo exercido por terceiros.
Conhecendo a sagacidade dos assessores do atual prefeito na área de comunicação, tira-se duas conclusões para uma eliminar a outra: O prefeito não ouviu seus assessores; a equipe está tentanto desgastá-lo. É mais prudente raciocinar que houve completo desencontro de agendas e que o prefeito agiu sem consultar assessores e sem se certificar de mais nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário